quinta-feira, 4 de junho de 2009

Heaven to Hell



Na manhã de um quarta, como poderia ser outrodia qualquer, resolvi mudar meu itinenário e sair por um momento deste processo condiconado que vivemos no nosso dia a dia, e resolvi ao invés de usar o metrô para chegar até a universidade, utilizar apenas ônibus, que por mais que o percurso aparentasse ser mais longo, levor o mesmo tempo que o habitual.
Certamente não seria um dia como qualquer outro, pois logo no momento em que ia subir no ônibus um erro de cálculo de espaço e altura fez com que eu levantasse a perna menos do que o necessário e acabei por "enfiar" (esta é a palavra adequada) no degrau do ônibus. Se doeu? Sim! e muito! Aliás ainda está doendo! Não me lembrava como é ruim machucar em dias que o frio impera sobre nossas cabeças, pois neste momento está 11ºC em São Paulo, coisa bem atípica e inesperada para a época do ano.
Pois bem, num primeiro instante, não sabia onde enfiar minha cara nem onde olhar, pois tinha acabado de "pagar um mico" na frente das pessoas que vejo todos os dias! Pensei até em não ir mais a luga algum, mas dai sim seria um fraco!
Bom, mas vamos ao que chamou minha atenção nisso tudo: ainda na metade do percurso, pude observar um carro parado no semáforo, e na sua traseira um adesivo que chamou muito minha atenção, e nele estava escrito o texto: "I KNOW THERE´S A HELL". Empírico ou racionalista e coloque a analisar aquela frase: verdade ou mentira??
Por um lado verdade: ele existe sim e ainda por cima materializado em forma de degrau de ônibus! Ou nas teorias cristãs onde existe o velho estigma de que pessoas boas vão para o céu e pessoas más vão para o inferno. Muitos escritores, filósofos e ateus já dialogaram, escreveram ou não sairam do lugar sobre esse assunto, mas vou citar dois que ao menos foram coerentes em suas obras.
Segundo Jean Paul Sartre, "O Inferno são os Outros." Mas quem são os outros senão por muitas vezes nós mesmos com nossas mentiras ou nossas crueldades mesmo que em pensamento? Já Dante em sua milenar obra "O Céu, O Inferno e O Purgatório" ele consegue trazer para a literatura uma idéia no minimo convincente do que são cada uma dessas instâncias.
Por outro lado, mentira: inferno é tudo aquilo que temos de ruim dentro de nós mesmos. Nossos medos, nossa capacidade de trocar o Amor pelo Ódio, e Verdade pela Mentira, a Luz pelas Trevas e todos os opostos que fazem parte da nossa vida.
Vamos tentar descobrir se há um Inferno em plena ascenção dentro de nós e não percebemos ainda? E será que é tão difícil cultivar um Céu?




Nenhum comentário:

Postar um comentário